Eduardo Sá

 

“A Escola está melhor?”

Escrito por Eduardo Sá, psicólogo Quarta, 16 Novembro 2016 | Visto - 6438

"Ninguém muda o mundo sozinho, mas com o auxílio de tantas pessoas que, na melhor das hipóteses, qualquer transformação é, invariavelmente, co-operação."


 

É muito difícil ser boa mãe!

Escrito por Eduardo Sá, psicólogo Segunda, 14 Novembro 2016 | Visto - 216178

Mas entre um bebé, quando se sonha, e um bebé, quando ele nasce, há um ror de novidades e de novas exigências.

   

Os medos das crianças são uma invenção dos pais

Escrito por Eduardo Sá, psicólogo Quarta, 12 Outubro 2016 | Visto - 70217

Junta-se um pouco de pai ou de mãe, nada de perguntar ‘porquê’, acrescenta-se colo... e já está!


   

Este país não é para anjos

Escrito por Eduardo Sá, psicólogo Sexta, 30 Setembro 2016 | Visto - 26957

Se olharmos as crianças partindo da vida dos pais, os exemplos não serão os melhores. Pelo psicólogo Eduardo Sá.


   

Deixem-se de histórias, os bebés vêm de Paris!

Escrito por Eduardo Sá, psicólogo Quinta, 11 Agosto 2016 | Visto - 17301

Imagino que lhe tenham falado de umas sementinhas que foram ter à barriga da sua mãe... mas – acredite! – os bebés vêm de Paris.


   

Combater a preguicite aguda

Escrito por Eduardo Sá, psicólogo Sexta, 15 Julho 2016 | Visto - 37149

Muito frequente entre os 6 e os 18 anos, temendo-se que a estirpe do micróbio que parece gerá-la seja, inclusive, multirresistente.

   

Como se constrói um bebé?

Escrito por Eduardo Sá, psicólogo Quarta, 15 Junho 2016 | Visto - 26155

Antes ainda de nascer, ele é um longo e frondoso livro de histórias! Leia mais uma crónica do psicólogo Eduardo Sá.


   

Crianças?... Faça um test drive!

Escrito por Eduardo Sá, psicólogo Segunda, 16 Maio 2016 | Visto - 59096


Educar exige dedicação, determinação e perseverança. E, claro, alma, coração e cabeça. Mas exige, sobretudo, muita humildade.




   

O amor à camisola

Escrito por Eduardo Sá, psicólogo Sexta, 29 Abril 2016 | Visto - 6934

Preocupa-me muito que a convicção com que vivem o amor à t-shirt pareça não ser acompanhada com a garra e a genica com que se entregam àquilo em que acreditam.

   

Página 2 de 13

Editorial.

editorial-318

alt

Uma dor irreparável

Nota prévia

Dias depois de escrever este editorial ("Os bons e os maus"), feito no rescaldo...

Consultório

 "O meu filho, que fez recentemente quatro anos, vive intensamente esta altura do ano. Ainda acredita no Pai Natal e acha que é ele quem lhe traz as prendas. Ainda...

Leia Mais