Eduardo Sá

 

As crianças têm direito a não gostar de todos os professores

Escrito por Eduardo Sá Quarta, 22 Janeiro 2014 | Visto - 17124


As crianças têm direito a não gostar de todos os professores. E têm direito a dar bolas amarelas ou vermelhas, por mau comportamento, a todos aqueles que não queiram ser mágicos, porque só esses dão colo e dão regras, instigam a curiosidade e acarinham as perguntas, brincam e contam histórias enquanto ensinam.


 

Manhas e manias é que não!...

Escrito por Eduardo Sá Sexta, 20 Dezembro 2013 | Visto - 16955

alt


As crianças acham, inclusivamente, muito bem que haja quem ande por aí a afirmar que elas têm uma personalidade muito forte.


   

Birras para que vos quero!... Manhas & Manias (I)

Escrito por Eduardo Sá Quarta, 04 Dezembro 2013 | Visto - 21214

 Onde falham os pais diante duma birra?

   

O melhor brinquedo

Escrito por Eduardo Sá Terça, 12 Novembro 2013 | Visto - 36512

Ter um irmão não é o melhor do mundo. Não tem uma graça por aí além não só dividir 100 por cento de pai e de mãe como, com a chegada dum irmão, passar a dispor – na melhor das hipóteses de 30 por cento de mãe e de um pouco mais de pai.

   

Da sapatilha ao chinelo

Escrito por Pai&filhos Segunda, 14 Outubro 2013 | Visto - 6518

Os homens nunca mandaram no mundo mas, na verdade, sempre gostaram de cultivar essa ilusão. Já as mulheres, foram insinuando que, quando se tratava deles serem pais, não se safavam sem inúmeros lembretes acerca da necessidade do casaco para as crianças quando está frio.


   

O sequestrador de bolachas

Escrito por Eduardo Sá Sexta, 04 Outubro 2013 | Visto - 5390


"Talvez o provérbio devesse ser: como a mãe não pode estar em todos os lados ao mesmo tempo, criou Deus (só para olhar por nós...)."


   

Indignados

Escrito por Eduardo Sá Terça, 03 Setembro 2013 | Visto - 6565

Nós, os abaixo associados, declaramos – solenemente – iniciar um Movimento de Indignados constituído por pais de adolescentes.

   

Talvez cada lágrima seja só um aqueduto

Escrito por Eduardo Sá Quinta, 01 Agosto 2013 | Visto - 7309

Na verdade, não há ninguém que, podendo, ao voltar atrás não fizesse quase tudo doutra forma, talvez porque, por mais que nos custe, é preciso falhar para aprender. A diferença é que ou tomamos o sucesso indispensável, ou aprendemos com os erros e nos tornamos sábios.


   

Onde quer que vás, eu estou contigo!

Escrito por Eduardo Sá, psicólogo Sexta, 28 Junho 2013 | Visto - 42504

altLeia mais uma crónica do psicólogo Eduardo Sá.

   

Página 2 de 8

Filho na Capa 2013

SimpleViewer requires JavaScript and the Flash Player. Get Flash

Editorial.

editorial-284

alt

O meu primeiro ano

Não tive dia de apresentação aos professores nem visita prévia à escola. Ultrapassei a porta castanha – cujo patamar...

Consultório

News image

«Tenho um filho de nove meses e meio, e desde quando ele tinha um mês e meio percebi que a cabecinha estava mais achatada do lado direito devido à posição...

Leia Mais