Opinião

O brincar no bebé não é feito ao acaso

Eduardo Sá

O brincar do bebé liga ritmos, regras e rotinas. Conhece. Experimenta. Desafia medos e limitações. Crónica de Eduardo Sá.

 

É urgente: toca a ler!

Mário Cordeiro

A sociedade volta as costas aos livros porque exige tudo “à la minute”, cultiva o “usa e deita fora”. Crónica de Mário Cordeiro.


 

Todas as palavras a que temos direito

Paulo Farinha

"Aos quatro anos, a minha filha mais velha já sabe interpretar o que lhe dizemos, quando lhe convém..." Crónica de Paulo Farinha.


 

O frasco das memórias

Isabel Stilwell

De vez em quando encontro uma memória da Ana – “Irmos comer torradas, enquanto o mano na explicação”. Crónica de Isabel Stilwell.


 

Convalescer… ainda se lembra da palavra

Mário Cordeiro

As crianças sofrem por não poderem ficar em casa o tempo suficiente para curar as doenças. Pelo pediatra Mário Cordeiro.


 

Regressar à “seca”... ou talvez não

Mário Cordeiro

"Convém admitir um período de transição para o “luto” das férias e para o retomar do ritmo letivo. Setembro é esse período". Por Mário Cordeiro.


 

O regresso às aulas... dos pais

Eduardo Sá

"É o medo dos pais diante de um mundo diferente e o seu excesso de proteção que tornam o regresso às aulas mais difícil".


 

O pai está em vias de extinção

Eduardo Sá

Falta pai à maioria das famílias! Não o pai machista e autoritário de antigamente. Mas um pai que precisa de se reinventar. Crónica de Eduardo Sá.


 

A coragem de nos arrumarmos por dentro

Isabel Stilwell

alt"É uma ilusão imaginar que se é pai e mãe da mesma maneira para todos os filhos.". Crónica de Isabel Stilwell.


 

Ao jantar, Skakespeare é para meninos

Paulo Farinha

"Fazer da refeição um momento de martírio e desgaste que levasse as miúdas a evitá-la nunca foi opção". Crónica de Paulo Farinha.


 

Página 1 de 36

Editorial.

Prazeres simples

alt

A felicidade está na moda. É tema de livros e dissertações, mote de fotografias e exposições. E receitas não...

Consultório

 "O meu filho, que fez recentemente quatro anos, vive intensamente esta altura do ano. Ainda acredita no Pai Natal e acha que é ele quem lhe traz as prendas. Ainda...

Leia Mais