Ler com o bebé aumenta capacidades linguísticas

alt

A história que lemos à cabeceira do berço ou a partilhar momentos de mimo ao colo é muito mais que palavras e imagens coloridas que entretêm o bebé. Quanto mais livros forem lidos com as crianças, a partir dos seis meses, mais capacidades estas têm para desenvolver boas capacidades linguísticas, em especial nos campos do vocabulário e de leitura. E isto acontece muito tempo antes de iniciar qualquer percurso escolar formal.

A conclusão sobre a importância da experiência de leitura em família é de uma equipa de investigadores da Universidade de Nova Iorque (EUA), a qual conduziu um estudo que demonstrou que ler livros em conjunto com o bebé tem consequências positivas ao longo de anos. O trabalho, liderado por Carolyn Cates, do Departamento de Pediatria da Escola de Medicina daquela instituição de Ensino Superior, teve como base a participação de 500 mães e respetivos bebés que foram recrutados em infantários ou hospitais públicos urbanos nos Estados Unidos.

As famílias foram seguidas desde os 6 meses de idade dos bebés até aos 4 anos e meio e os investigadores analisaram a capacidade de perceberem palavras, bem como as competências precoces de literacia e leitura. Os resultados foram comparados com a quantidade de leitura partilhada de livros, tal como o número de livros presentes em casa e os dias passados a ler em conjunto semanalmente.

Já a qualidade das experiências foi apurada através de questionários aos pais sobre se conversavam com o filho sobre o livro enquanto o liam, se falavam sobre as imagens, personagens, emoções sentidas e se as histórias eram apropriadas para a faixa etária em questão. Foram igualmente feitos ajustes relativos às diferenças socioeconómicas entre os participantes.

Depois de recolhidos todos os dados, os investigadores descobriram que a qualidade e quantidade da leitura partilhada de livros com os bebés e primeira infância promove o vocabulário das crianças até quatro anos mais tarde, antes do ingresso na escola primária. Em paralelo, ler livros com os bebés é um motor para as competências de leitura e literacia, como, por exemplo, escrever o nome aos quatro anos de idade.


Leia também:

Nascidos para ler

Maravilhoso cérebro

Cérebros brilhantes

Comentar

Código de segurança
Actualizar

Editorial.

Três notas

alt

Setembro é mês de regressar às aulas, mas também de retomar rotinas, reorganizar horários, cortar o cabelo, destralhar a casa, trocar...

Consultório

 "O meu filho, que fez recentemente quatro anos, vive intensamente esta altura do ano. Ainda acredita no Pai Natal e acha que é ele quem lhe traz as prendas. Ainda...

Leia Mais