Alunos decidem onde gastar verbas das escolas

alt

Os alunos de 3.¬ļ ciclo e secund√°rio dos estabelecimentos de ensino p√ļblico v√£o decidir como aplicar as verbas do Or√ßamento Participativo das Escolas (OPE) - com um valor m√≠nimo de 500 euros por estabelecimento - uma medida que visa incentivar a capacidade de tomar decis√Ķes, compreender o funcionamento das institui√ß√Ķes democr√°ticas e apelar ao esp√≠rito de participa√ß√£o.

O arranque simbólico da iniciativa é hoje na Escola Secundária Dr. Joaquim Gomes Ferreira, em Vila Nova de Gaia, com a presença do ministro da Educação, Tiago Brandão da Educação, que vai moderar o debate.


At√© mar√ßo esta iniciativa envolver√° mais de 1100 escolas e cerca de 700 mil alunos do 3.¬ļ ciclo e ensino secund√°rio e a proposta vencedora de cada escola deve ser executada pela dire√ß√£o do estabelecimento ou agrupamento at√© ao final do ano civil em que foi votada, No final do primeiro ano de aplica√ß√£o ser√° realizada uma auditoria, numa amostra de escolas, pela Inspe√ß√£o-Geral da Educa√ß√£o e Ci√™ncia, com o intuito de avaliar o impacto da medida.


Leia também:

Indisciplina nas salas de aula 

petição contra as mochilas pesadas

Crianças podem viajar grátis em Lisboa

m:


Comentar

Código de segurança
Actualizar

Editorial.

Para que serve um sonho?

Os sonhos fazem mal às crianças. Quando as crianças sonham acordadas, parecem ficar na lua... pelo psicólogo Eduardo Sá.


Consultório

 "O meu filho, que fez recentemente quatro anos, vive intensamente esta altura do ano. Ainda acredita no Pai Natal e acha que √© ele quem lhe traz as prendas. Ainda...

Leia Mais